Ars curandi Wiki
Fful (discussão | contribs)
(Herófilo)
Fful (discussão | contribs)
(Herófilo)
 
(Uma revisão intermediária por um outro usuário não está sendo mostrada)
Linha 1: Linha 1:
 
Herófilo, 335 a.C.-280 a.C.
 
Herófilo, 335 a.C.-280 a.C.
   
Herófilo (Herophilus, em latim), foi um ''physician'' grego nascido em 335 a.C. na Calcedónia, Bitínia, Ásia Menor (actualmente Turquia). Passou grande parte da sua vida em [[Alexandria]], Egipto, onde estudou medicina.É considerado o Pai da Anatomia e, a par de [[Galeno]] e [[Hipócrates]], é tido como um dos maiores ''physicians'' do mundo antigo. [[Erasístrato]] foi seu aprendiz, e foi com este que Herófilo fundou a grande Escola de Medicina de Alexandria.
+
Herófilo (''Herophilus'', em latim), foi um médico grego nascido em 335 a.C. na Calcedónia, Bitínia, Ásia Menor (actualmente Turquia). É considerado o Pai da Anatomia.
   
   
Linha 8: Linha 8:
 
==Vida==
 
==Vida==
   
Herófilo nasceu na Calcedónia em 335 a.C. Foi aprendiz de [[Praxágoras de Cós]], e ainda jovem mudou-se para a Alexandria onde iniciou os seus estudos de medicina, tendo vindo a exercer a prática mais tarde. Aí foi aprendiz de Ptolomeu, e mais tarde conheceu Erasístrato, de quem se tornou mestre e com quem mais tarde fundou a Escola de Medicina da Alexandria.
+
Herófilo nasceu na Calcedónia em 335 a.C. Foi aprendiz de [[Praxágoras de Cós]], e ainda jovem mudou-se para a [[Alexandria]] onde iniciou os seus estudos de medicina, tendo vindo a exercer a prática mais tarde. Aí foi aprendiz de [[Ptolomeu]], e mais tarde conheceu [[Erasístrato]], de quem se tornou mestre e com quem mais tarde fundou a Escola de Medicina da Alexandria. É tido como um dos maiores médicos do mundo antigo, a par de [[Galeno]] e [[Hipócrates]].
  +
 
Dedicou-se à prática da medicina, tendo sido o primeiro cientista a praticar dissecações em cadáveres humanos (terá dissecado cerca de 600 corpos), fazendo-o em público várias vezes para instruir aqueles que se mostravam interessados.
 
Dedicou-se à prática da medicina, tendo sido o primeiro cientista a praticar dissecações em cadáveres humanos (terá dissecado cerca de 600 corpos), fazendo-o em público várias vezes para instruir aqueles que se mostravam interessados.
 
Herófilo faleceu em 280 a.C., e a partir daí a investigação na área da Anatomia Humana cessou, até Leonardo Da Vinci, praticamente 1800 anos depois, reiniciar a prática da dissecação.
 
Herófilo faleceu em 280 a.C., e a partir daí a investigação na área da Anatomia Humana cessou, até Leonardo Da Vinci, praticamente 1800 anos depois, reiniciar a prática da dissecação.
Linha 22: Linha 23:
 
==Obra==
 
==Obra==
   
Autor de algumas obras (escritos médicos pouco extensos), incluindo textos com comentários a Hipócrates e textos relacionados com anatomia e morte súbita, gravidez e parto, oftalmologia, pulsação e dieta. No entanto, todas estas obras se perderam na destruição da biblioteca de Alexandria, a 272 a.C.
+
Autor de algumas obras (escritos médicos pouco extensos), incluindo textos com comentários a [[Hipócrates]] e textos relacionados com anatomia e morte súbita, gravidez e parto, oftalmologia, pulsação e dieta. No entanto, todas estas obras se perderam na destruição da biblioteca de Alexandria, a 272 a.C.
Ainda assim muitos foram os escritores de medicina, entre eles Galeno, que recorreram às suas obras.
+
Ainda assim muitos foram os escritores de medicina, entre eles [[Galeno]], que recorreram às suas obras.
   
 
==Ligações Externas==
 
==Ligações Externas==

Edição atual tal como às 16h42min de 30 de maio de 2009

Herófilo, 335 a.C.-280 a.C.

Herófilo (Herophilus, em latim), foi um médico grego nascido em 335 a.C. na Calcedónia, Bitínia, Ásia Menor (actualmente Turquia). É considerado o Pai da Anatomia.


Herophilos2b.jpg

Vida

Herófilo nasceu na Calcedónia em 335 a.C. Foi aprendiz de Praxágoras de Cós, e ainda jovem mudou-se para a Alexandria onde iniciou os seus estudos de medicina, tendo vindo a exercer a prática mais tarde. Aí foi aprendiz de Ptolomeu, e mais tarde conheceu Erasístrato, de quem se tornou mestre e com quem mais tarde fundou a Escola de Medicina da Alexandria. É tido como um dos maiores médicos do mundo antigo, a par de Galeno e Hipócrates.

Dedicou-se à prática da medicina, tendo sido o primeiro cientista a praticar dissecações em cadáveres humanos (terá dissecado cerca de 600 corpos), fazendo-o em público várias vezes para instruir aqueles que se mostravam interessados. Herófilo faleceu em 280 a.C., e a partir daí a investigação na área da Anatomia Humana cessou, até Leonardo Da Vinci, praticamente 1800 anos depois, reiniciar a prática da dissecação.

Medicina

Herófilo introduziu o método científico na medicina. Efectuou várias dissecações em animais e humanos. Estudou o cérebro humano e considerou-o como o órgão responsável pela inteligência, ao contrário de Aristóteles que acreditava ser o coração; distinguiu o cerebrum do cerebellum e valorizou a importância dos ventrículos no cérebro. Atribuiu ao quarto ventrículo a designação de calamus scriptorius (ou calamus Herophili). Descreveu as meninges às quais chamou de chorioid, pela semelhança evidente com a membrana que envolve o feto. Estudou também a coluna vertebral, tendo distinguido os nervos motores dos sensitivos, e distinguiu nervos de artérias (existia uma grande confusão entre estas estruturas do corpo humano), atribuindo os movimentos voluntários aos nervos; estudou a anatomia e enervação do olho: nervo óptico, nervo oculomotor e retina; estudou o aparelho gastrointestinal: fígado, pâncreas e glândulas salivares, o sistema reprodutor e o sistema vascular. Foi o primeiro a medir a pulsação, tendo para tal utilizado um relógio de água, distinguindo também vários ritmos cardíacos concomitantes com diferentes períodos da vida. Estudou o processo respiratório, designando-o como um processo de quatro fases. Foi Herófilo quem atribuiu o nome duodeno à primeira porção do intestino delgado.

Teoria Dos Quatro Humores

Crê-se que Herófilo baseou toda a sua fisiologia e patologia nos humores, tendo em conta que o seu mestre, Praxágoras, também era seguidor da teoria dos quatro humores. Tendo seguido a doutrina de Hipócrates, também ele considerava quatro humores fundamentais – sangue, linfa, bílis e bílis negra. Assim sendo, considerava que o aparecimento de uma doença se devia a um desequilíbrio entre esses humores. Com base nesta teoria, enfatizou e defendeu os poderes curativos dos medicamentos, dietas e prática de exercício físico.

Obra

Autor de algumas obras (escritos médicos pouco extensos), incluindo textos com comentários a Hipócrates e textos relacionados com anatomia e morte súbita, gravidez e parto, oftalmologia, pulsação e dieta. No entanto, todas estas obras se perderam na destruição da biblioteca de Alexandria, a 272 a.C. Ainda assim muitos foram os escritores de medicina, entre eles Galeno, que recorreram às suas obras.

Ligações Externas

http://en.wikipedia.otg/wiki/Herophilos

http://www.medhunters.com/articles/timelineHerophilus.html

http://www.faqs.org/health/bios/67/Herophilus.html

http://www.britannica.com/EBchecked/topic/263634/Herophilus

Bibliografia

Gillispie, C. C., et al., Dictionary of Scientific Biography, Scribners, Vol.5, New York